Aumento no número de suicídios na Venezuela assusta médicos

Idiomas:

Português   English   Español
Aumento no número de suicídios na Venezuela assusta médicos
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Mediante o desespero perante a crise instalada na Venezuela pela ditadura socialista de Nicolás Maduro, muitas pessoas estão tirando a própria vida.

Houve um aumento recorde dos casos de suicídio entre os venezuelanos.

A situação tem assustado e desgastado os médicos que trabalham no hospital universitário de Mérida. O Estado tem cerca de 1 milhão habitantes, e só no ano de 2017, essa região já apurou mais de 19 suicídios a cada 100 mil habitantes.

Em nível de comparação, nos Estados Unidos, o número de suicídio anual é de 16 (em média) a cada 100 mil americanos.

“Vivemos entre o terror e a impotência”, disse Ignacio Sandia, chefe do departamento de psiquiatria. O médico considera “aterrorizante” esse quadro e lamenta não poder fazer mais nada para ajudar as pessoas que são mais afetadas pela crise no país.

Na grande Caracas, houve 131 suicídios entre junho e julho, de acordo com um documento da polícia investigativa nacional, obtido pela Bloomberg News. Isso implica um total, neste ano, de 786 só na capital da Venezuela.

 

Adaptado da fonte Gospel Prime

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque