Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Aurora inédita descoberta por estagiária da NASA

Aurora inédita descoberta por estagiária da NASA
Imagem: Fred Sigernes/Kjell Henriksen Observatory

“Você pode imaginar alguém perfurando o campo magnético da Terra”, disse a estudante.

Jennifer Briggs, estudante de física da Universidade Pepperdine, nos Estados Unidos, descobriu um fenômeno astronômico no céu durante um estágio na NASA, em 2019. 

A estudante observou um distúrbio no campo eletromagnético da Terra, que resultou na produção de uma aurora nunca antes vista em nosso planeta.

O fenômeno ocorreu na camada da magnetosfera terrestre, que fica situada fora da atmosfera e existe em todos os corpos celestes com campo magnético.

O evento durou pouco tempo, mas foi registrado por Briggs. 

Imagem: Fred Sigernes/Kjell Henriksen Observatory, Longyearbyen, Norway/Joy Ng

Segundo as análises feitas pela estagiária através da sonda Magnetospheric Multiscale, a magnetosfera da Terra estava severamente comprimida — e foi justamente isso que resultou na formação da aurora.

“Você pode imaginar alguém perfurando o campo magnético da Terra. Houve uma compressão massiva, mas localizada”, afirmou Briggs em comunicado, segundo o site Gizmodo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email