Português   English   Español

Áustria abandonou o Pacto Mundial de Migração da ONU

Áustria abandonou o Pacto Mundial de Migração da ONU

A Áustria deixará o Pacto Mundial de Migração da ONU, alegando que pode lançar as bases para a criação de um direito humano à migração.

O anúncio foi feito dias atrás pelo chanceler do país, Sebastian Kurz.

“É importante para nós que não façamos um tratado de direito internacional para a Áustria, por isso decidimos que não vamos aderir ao pacto”, disse Kurz.

Além disso, “nos absteremos na votação da Assembleia Geral de 2019”, acrescentou Kurz, em declarações divulgadas pela rádio pública “ORF”.

O chanceler considerou que o acordo, que não é vinculativo e nem estabelece um direito à migração, “contempla algo como um compromisso do país se for assinado”.

“Há alguns pontos que vemos criticamente e onde tememos uma ameaça à nossa soberania nacional”, ressaltou o chanceler austríaco.

 

Adaptado da fonte EFE

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...