Português   English   Español

Áustria quer menos imigrantes e maior controle das fronteiras

FILE PHOTO: A border sign reading "Republic of Austria - border control" is seen in the Italian village of Brenner, Italy, at the Italian-Austrian border April 12, 2016. REUTERS/Dominic Ebenbichler/File Photo

Os dois partidos de direita que formam o governo de coalizão da Áustria centraram suas campanhas eleitorais em agendas de controle migratório.

O novo governo austríaco já anunciou cortes de benefícios financeiros concedidos a refugiados e tomou medidas para estabelecer um maior controle da intensa imigração ilegal assolando o continente europeu.

Na sexta-feira (05/01), uma notícia circulou pela mídia internacional sobre um suposto plano do vice-chanceler da Áustria, Heinz-Christian Strache, de instalar refugiados em quartéis militares.

Após a típica repercussão negativa da patrulha politicamente correta, depois da primeira reunião de governo da coligação, Strache sentiu a necessidade de esclarecer esta questão.

Ele disse que a Áustria não tem necessidade de usar quartéis vazios para abrigar refugiados, pois o objetivo do governo é apostar em fronteiras seguras, conter a imigração ilegal e reduzir o número de ilegais no país.

 

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter