Áustria propõe selecionar migrantes em embarcações no mar

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O ministro austríaco do Interior, Herbert Kickl, propôs nesta sexta-feira (14) organizar nas embarcações ainda no mar a seleção entre refugiados e imigrantes ilegais.

A proposta foi feita durante uma reunião europeia realizada em Viena sobre política migratória.

O projeto foi adiantado durante uma entrevista coletiva com seu colega italiano, Matteo Salvini. A ideia valeria “para os que chegam em barcos nas águas territoriais de um país da União Europeia”, explicou Kickl, do partido direitista FPÖ.

“Efetuaríamos um procedimento rápido de esclarecimento para identificar os migrantes com direito a solicitar o refúgio”. Apenas esses últimos seriam levados ao território da União Europeia, enquanto os demais seriam reenviados para “portos seguros” de países terceiros.

Herbert Kickl explicou que “é um pensamento que devemos desenvolver juntos para eliminar a problemática das devoluções”, pois “uma vez que as pessoas colocam os pés no continente, só conseguimos mandá-los embora com grandes dificuldades e gastos”.

Segundo o ministro, seu objetivo é “endireitar o sistema” ao “ponto em que só seja possível enviar a sua solicitação de refúgio em outro lugar fora da UE”.

O vice-premiê da Itália, Matteo Salvini, disse que apoiava a proposta de seu homólogo da Áustria.

 

Adaptado da fonte AFP
Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações