- PUBLICIDADE -

Áustria protegerá suas fronteiras após pacto migratório na Alemanha

- PUBLICIDADE -

O governo austríaco afirmou nesta terça-feira (03) que está disposto a “adotar medidas para proteger” suas fronteiras após as restrições à entrada de migrantes anunciadas pela vizinha Alemanha

Entre as medidas propostas pela chanceler alemã Angela Merkel a seu ministro do Interior, o conservador Horst Seehofer, como parte de um acordo para resolver a crise governamental, figura o projeto de expulsar para a Áustria os imigrantes ilegais que chegaram na Alemanha e que não puderam ser reenviados para o país pelo qual entraram na União Europeia.

Em um comunicado, o governo da Áustria afirmou:

Se o governo alemão validar o compromisso alcançado na segunda-feira à noite seremos obrigados a adotar medidas para evitar as desvantagens para Áustria e sua população.

A nota cita a disposição para “adotar medidas de proteção das fronteiras especialmente no sul”, com Itália e Eslovênia.

Viena afirmou que poderia aplicar dispositivos similares e enviar para as fronteiras do sul os demandantes de asilo, sob o risco de provocar um efeito dominó na Europa.

 

Com informações do BOL
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -