PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Auxílio emergencial será renovado: parcelas ainda serão definidas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Guedes já havia sinalizado com a possibilidade de estender o benefício até outubro.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo Jair Bolsonaro deve prorrogar o auxílio emergencial por mais três meses. 

A informação foi divulgada, nesta segunda-feira (14), pelo portal UOL e confirmada, posteriormente, pela coluna do jornalista Igor Gadelha, no site Metrópoles.

Nós vamos te apresentar mais detalhes:

  • A decisão final sobre o número de parcelas será tomada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Cidadania, João Roma.
  • A vacinação será um fator decisivo. Se toda a população adulta for vacinada até o fim de setembro, o auxílio teria mais duas parcelas. 
  • Se a vacinação para pessoas com 18 anos ou mais se estender até o fim de outubro, o benefício teria mais três parcelas. 
  • A nova prorrogação deverá ser custeada por um crédito extraordinário de R$ 12 bilhões a ser enviado ao Congresso e outros R$ 7 bilhões que já estão disponíveis no orçamento autorizado para o programa.
  • Segundo o site Metrópoles, a decisão já foi tomada em reunião na semana passada no Palácio do Planalto.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.