- PUBLICIDADE -

Avianca Holdings entra com pedido de recuperação judicial

Avianca Holdings entra com pedido de recuperação judicial
- PUBLICIDADE -

Pandemia de coronavírus já resultou em um declínio de 90% de tráfego aéreo.

A Avianca Holdings, segunda maior companhia aérea da América Latina, entrou, neste domingo (10), com pedido de recuperação judicial.

A decisão acontece meio à aproximação da data para pagamentos de títulos e após pedidos sem sucesso, até o momento, de auxílio ao governo da Colômbia para resistir à pandemia do coronavírus.

Caso não consiga sair da recuperação judicial, a Avianca pode ser a primeira grande companhia aérea do mundo a afundar por causa da pandemia. 

A Avianca não realiza voos regulares de passageiros desde o fim de março e a maioria dos seus 20 mil empregados ficou sem receber ao longo da crise.

Em um comunicado à imprensa, o presidente-executivo da empresa, Anko van der Werff, declarou:

“A Avianca passa pela crise mais desafiadora em seus 100 anos de história.”

A Avianca, uma das companhias aéreas mais antigas do mundo, estima passivos entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões em um pedido à Corte de Recuperação Judicial dos EUA no distrito sul de Nova York, destaca a agência Reuters.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -