Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Avianca Holdings entra com pedido de recuperação judicial

Avianca Holdings entra com pedido de recuperação judicial

Pandemia de coronavírus já resultou em um declínio de 90% de tráfego aéreo.

A Avianca Holdings, segunda maior companhia aérea da América Latina, entrou, neste domingo (10), com pedido de recuperação judicial.

A decisão acontece meio à aproximação da data para pagamentos de títulos e após pedidos sem sucesso, até o momento, de auxílio ao governo da Colômbia para resistir à pandemia do coronavírus.

Caso não consiga sair da recuperação judicial, a Avianca pode ser a primeira grande companhia aérea do mundo a afundar por causa da pandemia. 

A Avianca não realiza voos regulares de passageiros desde o fim de março e a maioria dos seus 20 mil empregados ficou sem receber ao longo da crise.

Em um comunicado à imprensa, o presidente-executivo da empresa, Anko van der Werff, declarou:

“A Avianca passa pela crise mais desafiadora em seus 100 anos de história.”

A Avianca, uma das companhias aéreas mais antigas do mundo, estima passivos entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões em um pedido à Corte de Recuperação Judicial dos EUA no distrito sul de Nova York, destaca a agência Reuters.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias