Português   English   Español

Avião militar russo desaparece durante ataque com mísseis contra Síria

Avião militar russo desaparece durante ataque com mísseis contra Síria

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou que a base utilizada pelos militares do país na Síria, Hmeymim, perdeu contato na noite desta segunda-feira (17) com a tripulação de um avião russo Il-20.

De acordo com a Defesa da Rússia, a aeronave levava 14 soldados a bordo e teria desaparecido dos radares quando estava perto da base aérea na província de Latáquia, na Síria, sobrevoando o mar Mediterrâneo.

O governo russo informou:

Em 17 de setembro, por volta das 23h, horário de Moscou, durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, perdemos o contato de rádio com a tripulação do avião russo Il-20.

O avião desapareceu dos radares durante supostos ataques com mísseis lançados por contra alvos na província síria.

Um ataque com duração de uma hora contra a província de Latáquia começou na noite desta segunda-feira, e teve como alvo uma central elétrica e outras duas instalações pertencentes ao Exército da Síria, segundo informações da Russian Today.

Autoridades da Síria disseram que o ataque foi “estrangeiro” e veio “do mar”, mas até o momento não confirmou os rumores de que caças F-16 de Israel estariam por trás do ataque. Os números iniciais apontam para sete pessoas feridas.

Militares russos disseram ter registrado quatro jatos israelenses F-16 sobre a Síria no momento do ataque contra Latáquia. As Forças de Defesa de Israel se recusaram a comentar o relatório, conforme reportado pela RT.

Uma operação especial de busca e resgate já foi organizada e está em andamento.

Estão circulando na internet vídeos das baterias antiaéreas da Síria tentando interceptar projéteis contra a província de Latáquia.

Deixe seu comentário

Veja também...