Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bancada do PSL critica Witzel por antecipar campanha presidencial

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bancada do PSL critica Witzel por antecipar campanha presidencial
COMPARTILHE

“Gratidão não prescreve e tampouco tem prazo de validade. Ele foi eleito principalmente pelo alinhamento com o Bolsonaro”, disse parlamentar do PSL sobre Witzel.

Eleito na esteira do presidente da República, Jair Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), está desagradando parte da bancada do Partido Social Liberal (PSL).

As declarações frequentes de Witzel de que quer ser presidente estão sendo encaradas como uma afronta ao grupo político de Bolsonaro no Estado.

“Gratidão não prescreve e tampouco tem prazo de validade. Ele foi eleito principalmente pelo alinhamento com o Bolsonaro”, disse o deputado federal Luiz Lima, referindo-se a um trecho de entrevista no qual Witzel afirmou que “Bolsonaro anima as redes, e o Brasil não sai do lugar”.

“Tenho extrema simpatia pelo Wilson, mas há, sim, insatisfação no PSL com essa história de o governador ficar toda hora dizendo que quer ser presidente. Tudo tem o seu tempo. Agora é o tempo do Jair Bolsonaro presidente”, afirmou Daniel Silveira, também deputado federal.

Witzel convidou deputados federais de siglas aliadas para uma reunião no Palácio Guanabara no início desta semana.

Dos 12 parlamentares do PSL do Rio, no entanto, apenas dois foram ao encontro: Antônio Furtado e Ricardo Pericar, informa o jornal O Globo.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram