- PUBLICIDADE -

Banco Central confisca quase R$ 2 milhões de Edison Lobão

Banco Central confisca quase R$ 2 milhões de Edison Lobão

- PUBLICIDADE -

O Banco Central comunicou o bloqueio de R$ 1,9 milhão nas contas do ex-ministro Edison Lobão.

O confisco do Banco Central cumpre decisão da juíza federal Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal do Paraná, na ação penal em que o emedebista é acusado de receber R$ 2,8 milhões de propinas da Odebrecht em obras de Belo Monte entre os anos 2011 e 2014.

À época, Edison Lobão ocupava o cargo de ministro de Minas e Energia no governo da petista Dilma Rousseff, enquanto Michel Temer, do MDB, era o vice-presidente.

Os procuradores da Lava Jato afirmam que milhões de propina da Odebrecht foram direcionados a Edison Lobão e a seu filho Márcio Lobão, que também é réu na ação, assim como a nora do ex-ministro, Marta Lobão.

A denúncia diz que o dinheiro foi repassado em cinco entregas, no local onde Marta Lobão, esposa de Márcio Lobão, mantinha um escritório de advocacia com a família de seu sogro, informa a rádio Jovem Pan.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -