Banco do Brasil fecha parceria com instituição financeira da Suíça

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A operação consta de fato relevante comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Após um ano de tratativas, o Banco do Brasil e o banco UBS, da Suíça, formalizaram, nesta quarta-feira (30), uma parceria para iniciarem um banco de investimentos e uma corretora de valores.

A nova iniciativa vai operar no Brasil e em mais cinco países latino-americanos:

  • Argentina;
  • Chile;
  • Paraguai;
  • Peru;
  • Uruguai.

De acordo com os termos da parceria, o UBS e o BB criarão uma joint venture — quando duas empresas se unem para criarem uma terceira –, com 50,01% do capital nas mãos do banco suíço e 49,99% pertencentes ao BB Banco de Investimento S.A. (BB-BI), destaca a Agência Brasil.

O acordo prevê que cada acionista nomeie três membros para o Conselho de Administração da joint venture.

O presidente será indicado pelo BB; e o vice, pelo UBS.

A diretoria executiva terá representantes das duas instituições, com o banco suíço escolhendo o diretor-presidente.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.