Banco do Brasil oferecerá exposição em criptomoedas para clientes

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

BB aderiu à primeira emissão do ETF na condição de participante especial e distribuidor.

A data de lançamento do 1º fundo negociado em bolsa (ETF) de criptomoedas no Brasil foi adiada para o dia 26 de abril.

A gestora Hashdex, que criou o índice de referência do fundo, informou sobre o adiamento em carta destinada aos seus clientes na última quarta-feira (14). 

Inicialmente, o ETF de criptomoedas tinha estreia marcada na B3 no dia 22 deste mês. 

De acordo com o comunicado, os pedidos de subscrição das cotas poderão ser realizados até o dia 20 de abril. 

Somente agentes autorizados poderão efetuá-los, tanto em seu próprio nome, como em nome de seus clientes.

O documento também informa que o Banco do Brasil é o mais novo banco a aderir ao fundo. 

Assim sendo, a instituição se junta ao BTG Pactual, ao Genial e ao Itaú BBA como coordenadores na emissão e distribuição do produto.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.