PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Barroso associa voto impresso à ‘manipulação dos votos’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Barroso, que também é ministro do STF, voltou a defender o sistema eleitoral vigente no Brasil.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, participou, nesta segunda-feira (5), de sessão temática no Plenário do Senado Federal para debater ajustes na legislação eleitoral.

Barroso, que também é ministro do STF, voltou a defender o sistema eleitoral vigente no Brasil:

“A urna brasileira é auditável dez vezes, é um engano acreditar que o voto impresso seja a única forma de auditoria. O sistema é bem auditável. O voto impresso vai nos criar um problema que é a manipulação dos votos.”

Barroso também criticou a possível implementação do voto impresso auditável:

“E é um paradoxo: o voto impresso seria imprimido pela mesma urna eletrônica que estaria sob suspeita. Portanto, se fraudar o eletrônico, frauda-se o impresso. De modo que nós vamos gastar R$ 2 bilhões, criar um inferno administrativo para essa licitação com um risco imenso de fraude e, pior, quebra de sigilo. Portanto, o voto impresso não é um mecanismo a mais de auditoria, ele é um risco para o processo eleitoral, porque nós abolimos o contato manual.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.