Barroso compara invasão ao Capitólio nos EUA com situação no Brasil

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Barroso alerta contra “narrativas fundadas na mentira e em teorias conspiratórias”.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou, nesta segunda-feira (2), que “voto impresso não é contenção adequada para o golpismo”.

Durante sessão do TSE, Barroso citou o caso da invasão do Capitólio, realizada em 6 de janeiro deste ano, nos Estados Unidos:

“Nos EUA, por exemplo, insuflados pelo presidente derrotado, 50% dos republicanos acham que a inequívoca vitória do presidente Biden foi fraudada.”

O ministro acrescentou:

“Essas narrativas fundadas na mentira e em teorias conspiratórias destinam-se precisamente a pavimentar o caminho da quebra da legalidade constitucional.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.