- PUBLICIDADE -

Barroso debocha de Trump e garante segurança das urnas

Barroso debocha de Trump e garante segurança das urnas
- PUBLICIDADE -

Ministro garante que a urna eletrônica é “segura, transparente e auditável”.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, debochou, neste domingo (30), da derrota do ex-presidente Donald Trump nas eleições de 2020 nos Estados Unidos.

Esperneou muito, mas está na Flórida, não em Washington”, disse Barroso.

Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse que não há lugar na democracia do Brasil para a “não aceitação dos resultados legítimos das urnas”.

Em entrevista ao jornal O Globo, Barroso defendeu o sistema eletrônico de votação:

“Já passou o tempo de golpes, quarteladas, quebras da legalidade constitucional. Ganhou, leva. Perdeu, vai embora.”

O ministro acrescentou que a votação por meio de urnas eletrônicas já é auditável “do primeiro ao último passo”:

“A principal razão da desconfiança é o desconhecimento de como o sistema é seguro, transparente e auditável.”

Barroso completou:

“A urna eletrônica possui um arquivo que funciona como a velha urna de lona, armazenando todos os votos, sem a identificação do eleitor, naturalmente. Esse registro possibilita a recuperação dos votos para sua recontagem eletrônica.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -