Beto Richa, ex-governador do Paraná, tem prisão determinada pela Justiça

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ex-governador tucano é investigado por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa por suspeita em contratos de concessões de rodovias.

O ex-governador do Paraná, Beto Richa, é alvo de prisão preventiva na manhã desta sexta-feira (25). Dirceu Pupo Ferreria, contador da ex-primeira dama Fernanda Richa, também é alvo de prisão preventiva.

As prisões foram decretadas nesta sexta-feira (25) pelo juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Federal de Curitiba.

O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em um desdobramento da Lava Jato que investigou a concessão de rodovias no Paraná, informa o “G1“.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.