Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Bia Kicis teme que CPI das Fake News seja uma ‘caça às bruxas’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bia Kicis diz que CPI das Fake News é 'caça às bruxas'

“Não se pode transformar a CPI em um instrumento de caças às bruxas”, disse a deputada Bia Kicis.

A possível criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) no Congresso Nacional para abordar as “fake news” tem preocupado parlamentares favoráveis a liberdade de expressão nas redes sociais.

Deputados e senadores acreditam que a CPI, protocolada nesta quarta-feira (5), seja usada como uma espécie de “caça às bruxas” a grupos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

A proposta é assinada pelo deputado Alexandre Leite (DEM-SP), mas foi articulada por líderes da Câmara com a anuência do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O foco da comissão será a investigação do que Leite define como “milícias virtuais”, informa o portal Terra.

A deputada Bia Kicis (PSL-DF), que tem presença constante nas redes sociais, indagou:

“Não se pode transformar a CPI em um instrumento de caças às bruxas. O que seriam ‘milícias virtuais’? Quem discorda do que acontece aqui dentro? O Parlamento não pode assumir um papel inquisitorial por discordar de críticas vindas das redes sociais.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email