- PUBLICIDADE -

Biden alivia pressão contra gasoduto crucial para a Rússia

Biden alivia pressão contra gasoduto crucial para a Rússia
- PUBLICIDADE -

Putin encontrou uma maneira de enviar gás para a Europa sem usar o território da Ucrânia.

O gasoduto Nord Stream 2 pode dobrar a capacidade de fornecimento de gás natural da Rússia para a Europa, sem precisar passar pelo território da Ucrânia, país que enfrenta uma guerra civil com separatistas pró-Moscou.

No mês passado, o governo do presidente Joe Biden desistiu de aplicar sanções contra o construtor do gasoduto — decisão que gerou elogios da gestão de Vladimir Putin

A troca de afagos aconteceu poucos dias antes da cúpula entre Biden e Putin, que está marcada para o dia 16 de junho.

Putin parabeniza Biden pela vitória na eleição dos EUA
Vladimir Putin e Joe Biden

Após críticas de membros dos dois partidos no Congresso dos EUA, o chanceler norte-americano Antony Blinken justificou dizendo que a construção do gasoduto estava avançada demais para ser interrompida:

“Em nossa perspectiva, o pior resultado possível seria ter a construção do oleoduto concluída, as relações com a Alemanha envenenadas e sem incentivos para voltar à mesa de negociação e trabalhar em como mitigar as graves consequências negativas.”

Novo gasoduto está representado pela linha pontilhada na parte superior do mapa | Foto: Reprodução

O governo da Alemanha será um dos principais países beneficiados caso o gasoduto russo entre em operação.

Blinken disse que uma opção para não deixar os ucranianos totalmente desamparados seria garantir que o País continuasse cobrando taxas de trânsito “por muitos anos“.

A Polônia e os países dos Balcãs são fortemente contra o gasoduto, que nos EUA é combatido tanto por democratas quanto por republicanos.

Em resposta aos críticos, o chanceler dos EUA lembrou que a construção dos russos ainda precisa de um longo processo para entrar em funcionamento:

“Embora o gasoduto tenha sido fisicamente concluído, para estar operacional ele precisa de seguro e várias licenças e estamos analisando tudo isso com cuidado.”

Foto: Divulgação/Nord Stream 2
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -