- PUBLICIDADE -

Biden aprova venda de US$ 735 milhões em mísseis para Israel

Israel segue EUA e rejeita Pacto da ONU sobre migrantes
- PUBLICIDADE -

EUA reforçam que Israel tem o direito de se defender contra o Hamas.

O governo de Joe Biden aprovou a venda de US$ 735 milhões em mísseis de precisão para Israel.

A informação foi confirmada, nesta segunda-feira (17), por um assessor do Congresso dos Estados Unidos ao jornal The Hill.

A maior parte da venda consiste de “Munições de Ataque Direto Conjunta”, que são fabricadas pela Boeing e podem transformar bombas não guiadas em mísseis de precisão.

A venda foi aprovada 5 dias antes do Hamas, grupo terrorista que controla Gaza, começar a disparar milhares de foguetes contra o território isralense.

O lançamento de foguetes pelos jihadistas foi rebatido com ataques aéreos israelenses que já mataram quase 200 palestinos e destruíram vários edifícios de Gaza.

O governo Biden, por sua vez, reforçou que Jerusalém tem o direito de se defender contra o Hamas.

A Casa Branca também não fez nenhuma indicação de que reduziria os US$ 3,8 bilhões em ajuda militar que envi a Israel anualmente.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -