Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Biden defende ‘integridade’ das eleições após confirmação de vitória

Biden defende 'integridade' das eleições após confirmação de vitória
COMPARTILHE

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursou em Wilmington, no Delaware;

Minutos após o Colégio Eleitoral confirmar, nesta segunda-feira (14), sua vitória nas eleições dos Estados Unidos em 2020, o presidente eleito Joe Biden discursou em Wilmington, no Delaware.

Biden criticou as denúncias do atual presidente norte-americano, Donald Trump, sobre fraudes eleitorais, afirmando que “agora é hora de virar a página”:

“Nessa batalha pela alma da América, a democracia prevaleceu. Nós, o povo, votamos. A fé em nossas instituições se manteve. A integridade de nossas eleições permanece intacta. E então, agora é hora de virar a página. Para nos unirmos. Para curar.”

O presidente eleito acrescentou:

“Se alguém não sabia antes, nós sabemos agora. O que bate no fundo do coração do povo americano é isso: democracia. O direito de ser ouvido. De ter seu voto contado. De escolher os líderes desta nação. De governar a nós mesmos.”

Joe Biden completou:

“Na América, os políticos não assumem o poder: as pessoas o concedem a eles. A chama da democracia foi acesa nesta nação há muito tempo. E agora sabemos que nada — nem mesmo uma pandemia — ou um abuso de poder — pode extinguir essa chama.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
lucio
lucio
1 mês atrás

conversa tipica de um fdp mentiroso asqueroso, é nojento isto, este cachorro ladrão tem que ser preso!

Fernando C de Mello
Fernando C de Mello
1 mês atrás

São as mesmas projeções da imprensa desde antes do fim da apuração de votos quando nem as fraudes estavam identificadas e formalizadas em denuncias. A coisa mudou de lá pra cá e os votos dos delegados só serão apurados em 14 de janeiro ! tem muitas ações judiciais pendentes !

PUBLICIDADE