Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Biden pressionou Ucrânia após encontro com executivo amigo do filho

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Grupo investiga Biden por forçar demissão do procurador-geral da Ucrânia
COMPARTILHE

A família Biden está envolta em denúncias sobre um suposto esquema na Ucrânia.

Hunter Biden apresentou seu pai, o então vice-presidente Joe Biden, a um alto executivo da Burisma, uma empresa de energia da Ucrânia, de acordo com  e-mails obtidos pelo jornal New York Post e compartilhados pela Fox News.

A reunião foi mencionada em uma mensagem de agradecimento que Vadym Pozharskyi, um consultor do conselho do Burisma, supostamente enviou a Hunter Biden em 17 de abril de 2015.

A mensagem foi enviada cerca de um ano depois de Hunter ingressar no conselho do Burisma com um salário de quase US$ 50 mil por mês. O texto dizia:

“Caro Hunter, obrigado por me convidar para DC e dar a oportunidade de conhecer seu pai e passar algum tempo juntos. Foi uma grande honra e um grande prazer.”

Algum tempo depois do encontro, Joe Biden, atual candidato democrata à Casa Branca, pressionou funcionários do governo ucraniano a despedir um promotor que investigava a empresa.

Um e-mail anterior — datado de maio de 2014 — também mostra o executivo ucraniano pedindo ao filho de Biden “conselhos sobre como você poderia usar sua influência” em nome da Burisma.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram