- PUBLICIDADE -

Bispo francês alerta para ataques contra cristãos em diocese

245 milhões de cristãos sofrem perseguição mundo afora
- PUBLICIDADE -

“Temos o direito de ser respeitados neste país”, diz bispo cristão sobre complicada situação em território francês.

Jean-Claude Boulanger, bispo da Diocese de Bayeux-Lisieux, demonstrou preocupação com o aumento da violência e do ódio contra os cristãos nos últimos meses na França.

O líder católico declarou que apresentou uma denúncia ao promotor público local em Caen depois de uma série de ataques contra cristãos. 

O bispo destacou que a série de agressões começou em outubro do ano passado, segundo o jornal France Bleu.

Entre os atos de violência registrados na região da diocese de Boulanger, podemos citar o ataque de uma gangue de jovens contra um ônibus cheio de peregrinos, incluindo várias pessoas doentes, que voltava de viagem.

No início deste ano, outros dois ataques ocorreram. O primeiro foi lançado por jovens encapuzados que atacaram mais um ônibus de peregrinos. 

O segundo ato de violência aconteceu quando símbolos anticristãos foram pintados em prédio perto da Abadia de Sainte-Trinité.

Segundo o jornal Breitbart, o bispo Boulanger declarou:

“As pessoas têm o direito de protestar. É um direito na nossa democracia. Mas não se ataca peregrinos e jovens em oração. Temos o direito de ser respeitados neste país.”

E acrescentou:

“Respeito aqueles que não compartilham minhas convicções. Eu não entendo esse ódio. Que eles me ataquem, sim, eu sou velho … mas mirarem nos jovens? Não.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -