- PUBLICIDADE -

Bispos católicos da CNBB contestam bandeiras de Bolsonaro

Bispos católicos da CNBB contestam bandeiras de Bolsonaro
- PUBLICIDADE -

Principal entidade da Igreja Católica no Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou nesta terça-feira (7) uma mensagem em que contesta bandeiras do governo.

Sem mencionar diretamente o presidente da República, Jair Bolsonaro, os bispos criticaram as seguintes medidas que, segundo eles, estão sendo tomadas pela gestão atual:

  • Estímulo ao liberalismo econômico;
  • Ausência de medidas eficazes para combater o desemprego;
  • Corte de verbas para a área da educação;
  • Extinção de conselhos de participação da sociedade;
  • Flexibilização das regras sobre armas;
  • Interferência em terras indígenas e quilombolas;
  • Criminalização dos defensores de direitos humanos.

Os problemas apontados pelos bispos fazem parte do documento “Mensagem da CNBB ao povo brasileiro” e se somam a uma nota divulgada na semana passada com ressalvas ao projeto de reforma da Previdência defendido pelo Planalto, informa a Folha.

O manifesto divulgado nesta terça-feira (7) foi aprovado pelos mais de 300 bispos que participaram da assembleia da CNBB. O texto é salpicado de referências ao papa Francisco e de declarações dele.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -