PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bispos dos EUA querem impedir Biden de comungar

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Por que alguns bispos americanos querem impedir Biden de comungar?

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Uma parte da liderança da Igreja Católica nos Estados Unidos quer proibir o presidente Joe Biden e outros políticos do Partido Democrata de receber a comunhão.

O motivo? Biden é um ferrenho defensor do direito ao aborto, que é legal nos EUA, mas condenado pela Igreja Católica.

Uma reunião virtual da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA (USCCB) discutiu, nos últimos dias, o significado da Eucaristia e como abordar a situação de políticos católicos pró-aborto.

Depois de um debate online que durou três dias, os bispos aprovaram — com 168 votos a favor, 55 contra e 6 abstenções — a redação de um documento sobre o “significado da Eucaristia na vida da Igreja”.

O texto vai orientar os bispos sobre como lidar com políticos católicos que defendem publicamente ideias que colidam com a doutrina eclesiástica, como a interrupção da gravidez. 

Agora, com a proposta aprovada, a Comissão para Doutrina começará a elaborar o documento, que será colocado em votação na próxima reunião da USCCB, em novembro. 

Para ser aprovado, o documento final precisará do apoio de pelo menos dois terços dos votantes.

No entanto, na prática, a decisão final sobre permitir ou não que Biden — ou qualquer outro fiel — receba a comunhão permanecerá nas mãos do bispo responsável por cada diocese.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.