- PUBLICIDADE -

BNDES lucra quase R$ 10 bi no 1º trimestre de 2021

BNDES devolve antecipadamente mais R$ 40 bilhões ao Tesouro
- PUBLICIDADE -

Resultado do BNDES foi impulsionado por venda de participações societárias.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 9,8 bilhões no primeiro trimestre de 2021.

O montante representa um aumento de 78% em comparação a igual período do ano passado.

A instituição financeira estatal também teve um lucro recorrente estável de R$ 2,4 bilhões.

O lucro líquido do BNDES foi impulsionado pela venda de participações societárias e pela intermediação financeira.

O presidente do banco, Gustavo Montezano, disse que “continuidade” é a melhor palavra para resumir o primeiro trimestre de 2021.

Montezano explicou que cerca de 70% do lucro líquido são meramente financeiros, ou seja, é um lucro especulativo, sem adicionalidades sócio-ambientais:

“É um lucro de especulação financeira em bolsa de valores”. Isso requer alocação de risco substancial. O presidente considerou “um desperdício de recurso público você tomar tamanha alocação de risco em atividades que não têm adicionalidade sócio-ambiental.”

O chefe do BNDES explicou que, exatamente por isso, o banco está se desfazendo de sua carteira especulativa para pegar essa alocação de capital “que estava sendo desperdiçada, sob a ótica de desenvolvimento econômico, fazendo especulação financeira, e alocar esse capital, esse risco, em atividades que tornam o banco ainda assim financeiramente sustentável, mas trazem adicionalidades econômica e sócio-ambiental para o Brasil”.

Montezano destacou a carteira de crédito e repasses do BNDES, que totalizou R$ 446,1 bilhões, líquida de provisões, representando 60,5% dos ativos totais em 31 de março de 2021 e mantendo estabilidade em relação a 31 de dezembro de 2020.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -