Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolívia denuncia Argentina por favorecer irresponsavelmente Morales

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolívia denuncia Argentina por favorecer irresponsavelmente Morales
COMPARTILHE

“Não é possível que uma pessoa continue causando sedição e terrorismo”, disse uma autoridade boliviana.

O governo de Jeanine Áñez denunciou que há interesse por parte da administração do presidente argentino, Alberto Fernández, de favorecer e promover irresponsavelmente a figura de Evo Morales, permitindo-lhe comentar sobre questões políticas no país.

Yerko Núñez, Ministro da Presidência, antecipou em entrevista coletiva que as denúncias serão feitas pelo Ministério das Relações Exteriores a instâncias internacionais, alertando que o ex-presidente ainda pretende convulsionar a Bolívia.

“Não é possível que uma pessoa continue causando sedição e terrorismo”, disse a autoridade, lamentando a irresponsabilidade de algumas autoridades argentinas, que endossam as ações de Morales, indo, em sua opinião, contra tratados internacionais sobre o refúgio.

Santiago Cafiero, chefe de gabinete do presidente argentino, disse que o líder cocalero tem a liberdade de pensar e dizer “o que quiser”, porque “ele tem os mesmos direitos que um cidadão argentino, o que significa que ele tem liberdade de expressão”.

Traduzido de La Patilla, ElDeber
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram