Bolívia denunciará Brasil à ONU por ‘racismo de Estado’

Português   English   Español
Bolívia denunciará Brasil à ONU por 'racismo de Estado'
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Após declarações de um político carioca, a Bolívia decidiu denunciar o Brasil às Nações Unidas.

O governo de Evo Morales anunciou nesta terça-feira (8) que denunciará o Brasil à ONU por “racismo de Estado”.

Autoridades da Bolívia ficaram indignadas com as declarações do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL), o mais votado do Rio de Janeiro nas eleições de outubro do ano passado.

Amorim disse que a Aldeia Maracanã, foco dos protestos registrados no Rio em 2013, é um “lixo urbano”.

Na sequência, conforme noticiou a RENOVA, o deputado completou:

Quem gosta de índio, que vá para a Bolívia, que, além de ser comunista, é presidida por um índio.

O vice-ministro de Descolonização da Bolívia, Félix Cárdenas, explicou que a denúncia será feita porque as declarações foram realizadas por uma autoridade do Brasil se referindo ao presidente de um outro país, informa a agência “EFE“.

O vice-ministro ainda disse que a denúncia será feita durante o exame anual universal que os países-membros da ONU avaliam situações de discriminação e temas relacionados com os direitos humanos.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...