Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Bolívia derruba decreto que dava imunidade penal a policiais

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolívia derruba decreto que dava imunidade penal a policiais
COMPARTILHE

Um decreto que dava imunidade penal aos militares e policiais na Bolívia foi revogado nesta quinta-feira (28).

Jeanine Áñez, presidente interina da Bolívia, anunciou, nesta quinta-feira (28), a revogação do decreto que dava imunidade penal aos militares e policiais.

“Conseguimos a desejada pacificação”, disse Áñez em um breve pronunciamento no Palácio do Governo, na capital La Paz, segundo a agência EFE.

Jeanine argumentou que o decreto — que ela emitiu em 14 de novembro — foi “um recurso constitucional” contra “atos violentos que nunca haviam sido vistos antes” na Bolívia.

A mandatária interina se referia ao que descreveu como “dias de terror” na cidade de El Alto, vizinha de La Paz.

Os atos de violência se disseminaram na Bolívia no dia seguinte às eleições de 20 de outubro, nas quais o indígena Evo Morales foi declarado vencedor em meio a diversas alegações de fraude por parte da oposição e de entidades internacionais.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM