- PUBLICIDADE -

Bolívia pede investigação sobre Evo por relação com adolescente

Morales desembarca na Argentina e deve pedir refúgio

Ex-presidente boliviano estaria envolvido há 5 anos com mulher que, quando conheceu, tinha 16.

- PUBLICIDADE -

O Ministério da Justiça da Bolívia pediu, nesta quinta-feira (20), uma investigação sobre possíveis crimes cometidos pelo ex-presidente Evo Morales por se relacionar sexualmente com uma menor de idade. 

De acordo com a denúncia, Evo estaria mantendo uma relação amorosa há cinco anos com uma jovem que, quando conheceu, tinha 16 anos.

Em declaração registrada em documento da Força Especial de Combate ao Crime (FELCC), a jovem confirma o relacionamento com o líder indígena.

A mulher diz, no entanto, que Evo se tornou seu namorado em 24 de maio deste ano, quando já era adulta. Antes, afirma ela, era uma relação de amizade, mas com “um tratamento diferente”. 

Segundo N., inicial do nome pelo qual ela vem sendo identificada nos veículos de imprensa bolivianos, Evo a conheceu em 2015, por meio dos pais dela, em um Carnaval celebrado no Trópico de Cochabamba, informa o jornal Folha.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -