Português   English   Español

Bolívia protesta contra candidatura de Evo Morales a quarto mandato

Morales está no poder desde 2006, em meio a chamados à desobediência civil e a uma greve indefinida.

População protestou nesta quinta-feira (6) nas principais cidades da Bolívia em rechaço à candidatura a um quarto mandato sucessivo do esquerdista Evo Morales.

Manifestantes em La Paz pediram a renúncia dos membros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que deu luz verde à candidatura de Morales para as eleições de 2019 e convocaram para que preparem uma greve nacional indefinida, sem especificar uma data.

Em Santa Cruz , epicentro das manifestações anti-Evo, o principal líder cívico Fernando Cuéllar, proclamou que “há um povo de pé em todas as cidades do país defendendo a Constituição Política e resistindo que se perpetuem no poder”.

Em uma primeira menção ao conflito, Evo Morales disse em um evento em Cochabamba que, com os protestos, “a direita engana o povo e seus seguidores”.

Adaptado da fonte AFP

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter