Aliado de Maduro, o ex-mandatário Morales renunciou ao cargo após OEA apontar fraude eleitoral nas eleições de 20 de outubro.

Jeanine Áñez, proclamada presidente da Bolívia após a renúncia de Evo Morales, anunciou seu reconhecimento a Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela.

Nesta quarta-feira (13), Jeanine pediu a Guaidó que nomeie o novo embaixador venezuelano na Bolívia, “que será reconhecido imediatamente pelo nosso governo”, escreveu em sua conta no Twitter.

A ministra da Comunicação, Roxana Lizárraga, também confirmou a informação, segundo o portal G1.

“Esse é o reconhecimento que a Bolívia faz a partir desse momento”, disse Lizárraga, dois dias após a posse da nova presidente.