Português   English   Español

Bolsa fecha em alta e apresenta volume recorde de negociação

O mercado reagiu bem à larga vantagem de Jair Bolsonaro sobre Fernando Haddad no primeiro turno e aos resultados expressivos de apoiadores do candidato do PSL no Congresso.

A confirmação da liderança de Jair Bolsonaro (PSL) na preferência dos eleitores faz a Bolsa operar em forte alta nesta segunda-feira, acima dos 85 mil pontos.

A Bolsa de São Paulo subiu mais de 4% nesta segunda-feira (8) e atingiu volume recorde de negociação. O dólar, por sua vez, recuou mais de 2% e agora ronda o patamar de R$ 3,75, segundo informações de O Antagonista.

O desempenho da Bolsa nesta segunda é impulsionado por ações de estatais. Às 12h20, o Ibovespa subia 3,84%, a 85.487 pontos. No começo da manhã, chegou a subir mais de 6%.

O Banco do Brasil chegou a subir mais de 12% no começo do pregão e puxou o desempenho dos outros bancos na Bolsa. Agora, avança 9%. Petrobras ganhava quase 10%, assim como as ações da Eletrobras.

“Petrobras é um papel que vinha barato comparado com pares internacionais. E aí teve sinalização positiva do ponto de vista política, o que fez o mercado olhar para o Brasil. Outras ações são mais por euforia. [A alta da] Eletrobras não tem fundamentos”, diz Nicolas Takeo, analista da Socopa.

As estatais têm se beneficiado de afirmações de Bolsonaro de que pretende privatizar empresas, o que foi repetido em entrevista à rádio Jovem Pan na manhã desta segunda. Ele não detalhou ainda quais companhias devem ser vendidas e nem quanto espera arrecadar com as operações.

 

Adaptado da fonte Folha

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter