Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsa fecha no menor nível desde 26 de junho – Giro dos Investidores #33.4

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Ibovespa acima dos 102 mil pontos após boas notícias pós G-20
COMPARTILHE

O Ibovespa se descolou do exterior e fechou em forte queda nesta segunda-feira (28).

O principal índice da bolsa de valores do Brasil atingiu seu menor patamar desde junho após o governo Jair Bolsonaro divulgar a proposta de financiamento para o programa Renda Cidadã.

Em meio a tantas incertezas políticas, o Ibovespa fechou em queda de 2,41% a 94.666 pontos, com volume financeiro negociado de R$ 27,342 bilhões.

Confira outras notícias neste último “Giro dos Investidores” do dia:

Dólar fecha acima de R$5,63, máxima em 4 meses

O dólar disparou nesta segunda-feira, com o mercado reagindo mal à definição pelo governo de que o Renda Cidadã será custeado por recursos que não virão de cortes de gastos, o que abalou a confiança de investidores numa agenda de redução de despesas que poderia conter a deterioração em curso das contas públicas –considerada o mais grave problema macroeconômico do Brasil.

Dívida pública federal sobe 1,56% em agosto marcado por emissões recordes

A dívida pública federal do Brasil subiu 1,56% em agosto sobre julho, a 4,412 trilhões de reais, puxada pelo volume recorde de emissões no período, divulgou o Tesouro Nacional nesta segunda-feira.

Ouro fecha em alta diante de fraqueza do dólar

Depois de desvalorizar 4,6% na semana passada, o ouro fechou em alta na segunda-feira, com o metal, que é denominado em dólar, impulsionado pela fraqueza da moeda americana na sessão.

Cosan cancela IPO da Compass devido às condições do mercado

A Cosan anunciou hoje (28) que pedirá o cancelamento do pedido de registro para oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de sua controlada, a Compass Gás e Energia, em função da “deterioração das condições de mercado”.

ArcelorMittal venderá ativos nos EUA por US$ 1,4 bilhão

A ArcelorMittal acertou a venda da maior parte de suas operações de produção de aço nos Estados Unidos para a rival Cleveland-Cliffs por US$ 1,4 bilhão, em dinheiro e ações, uma transação que trará certa consolidação à indústria siderúrgica no país, há muito afetada pela volatilidade e excesso de oferta.

30% das empresas podem manter as atividades em formato home office após pandemia

As empresas podem manter as atividades de forma remota mesmo após o período de pandemia. Isso mostra que o formato de trabalho virtual pode ser uma tendência para os próximos anos, uma vez que obteve boa adaptação dos trabalhadores e empresas. 

Petrobras estima em US$ 6 bi o custo de descomissionamento de plataformas até 2024

A Petrobras estimou em 6 bilhões de dólares o custo de projetos em andamento de descomissionamento de plataformas e outros ativos até 2024, segundo uma apresentação divulgada ao mercado nesta segunda-feira.

Vale quita US$ 5 bilhões em linhas de crédito rotativo

A Vale anunciou nesta segunda-feira, 28, que quitou US$ 5 bilhões (cerca de R$ 28 bilhões) de suas linhas de crédito rotativo, sendo US$ 2 bilhões com vencimento em junho de 2022 e US$ 3 bilhões em dezembro de 2024, que foram desembolsadas em março deste ano.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram