Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Bolsonaro acusa Witzel de manipular investigação do caso Marielle

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro acusa Witzel de manipular investigação do caso Marielle
COMPARTILHE

“Dizem que no seu gabinete ele usa a faixa de presidente”, ironizou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a acusar, nesta quinta-feira (21), o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), de manipular as investigações do caso Marielle Franco.

Durante a convenção de lançamento da Aliança pelo Brasil, partido que ele pretende criar após o racha com o PSL, Bolsonaro disse que Witzel deveria ter gratidão, porque ele não teria sido eleito sem a ajuda do senador Flávio Bolsonaro.

“Ele [Witzel] colocou na cabeça que queria destruir o Bolsonaro”, disse o chefe do Executivo.

Bolsonaro disse ainda que o governador do Rio tem usado a Polícia Civil do estado para atingir esse objetivo. Ele se referiu à investigação sobre o assassinato da vereadora do PSOL, Marielle Franco, em março de 2018.

O presidente ainda relatou que encontrou Witzel em 9 de outubro e que, na ocasião, foi informado pelo governador de que “o processo foi ao Supremo”.

“Perguntei: como você sabe disso se o processo corre em segredo de Justiça?”, afirmou Bolsonaro, para em seguida dizer que Witzel está manipulando a investigação.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.