Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro admite dificuldade para avançar privatizações

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro parabeniza PF por operação contra governo Witzel
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress
COMPARTILHE

“Entendemos que tudo aquilo que a iniciativa privada pode fazer, a gente vai abrir mão disso aí”, diz Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, reiterou, nesta quinta-feira (17), que, tirando poucas exceções, o seu governo pretende repassar a maioria dos serviços estatais para a iniciativa privada.

Bolsonaro enfatizou, no entanto, que não cogita privatizar o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal em sua gestão.

Em transmissão nas redes sociais, Bolsonaro disse que tudo aquilo que a iniciativa privada “pode fazer por nós vamos abrir mão”, mas reconheceu que qualquer privatização não é fácil:

“No meu governo também, só esses três [Casa da Moeda, BB e Caixa não serão privatizadas], o restante… Não é fácil, qualquer privatização é demorada, não justifica a grande mídia falar que estou segurando, governo está segurando as privatizações.”

O presidente completou:

“Entendemos que tudo aquilo que a iniciativa privada pode fazer, a gente vai abrir mão disso aí, esse é o nosso pensamento.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram