Português   English   Español

Bolsonaro afirma que não vai a debates no segundo turno

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Informação foi reforçada pelo presidente do PSL, Gustavo Bebiano. Médicos disseram em mensagem que o comparecimento de Bolsonaro a debates dependia dele.

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, disse no fim da tarde desta quinta-feira (18) que não vai a debates marcados para o segundo turno das eleições.

A informação foi reforçada pelo presidente do PSL, Gustavo Bebiano.

Os dois deram entrevistas após o candidato passar por uma reavaliação médica, para ver como está a recuperação após a facada que levou durante ato de campanha em Juiz de Fora, em 6 de setembro.

Pela manhã, os médicos Antonio Luiz Macedo e Leandro Echenique disseram em mensagem que o comparecimento de Bolsonaro a debates dependia dele.

À TV Globo, Bolsonaro confirmou que decisão dele e de familiares é a de que ele não participe:

Segundo fui informado tenho restrições, eu poderia me submeter a uma aventura, de participar de um debate, de duas ou três horas, mas poderia ter uma consequência péssima para minha saúde. Então, levando-se em conta a restrição, levando-se em conta a minha saúde e a gravidade do que ocorreu, a tendência minha é não participar do debate.

Bebiano reforçou a ausência de Bolsonaro nos debates com o candidato do PT, Fernando Haddad. O presidente do PSL declarou:

Essa situação da colostomia é muito complicada e impede que ele seja submetido a estresse. Ele não tem obrigação de comparecer. Não vai comparecer.

De acordo com Bebiano, a intenção é também não fazer campanha na rua.

 

Adaptado da fonte G1

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...