Bolsonaro agiu de forma criminosa, diz Associação Brasileira de Imprensa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Configuram claros crimes contra a saúde pública”, disse a ABI sobre Bolsonaro.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) divulgou uma nota, nesta terça-feira (7), em que acusa o presidente da República, Jair Bolsonaro, de ter praticado uma atitude “criminosa” ao tirar a máscara durante entrevista coletiva com jornalistas.

A entidade informou que vai entrar com uma notícia-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o chefe do Executivo.

De acordo com a ABI, Bolsonaro infringiu dois artigos do Código Penal:

  • Artigo 131, que prevê ato criminoso ao “praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contaminado, ato capaz de produzir o contágio”;
  • Artigo 132, que fala sobre quem expõe “a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente”.

“Não é possível que o país assista sem reação a sucessivos comportamentos que vão além da irresponsabilidade e configuram claros crimes contra a saúde pública”, disse a ABI em nota assinada por seu presidente, Paulo Jerônimo, destaca o portal UOL.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.