Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro ainda espera decisão do STF no caso Adélio

Pretendemos ir atrás dos mandantes do caso Adélio, diz Bolsonaro
COMPARTILHE

“Uma das vertentes importantes dessa investigação ainda não pode ser efetivada”, diz ministro da Justiça.

O ministro da Justiça, André Mendonça, afirmou, neste domingo (17), que o presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda tem esperanças de ver a investigação sobre o caso Adélio Bispo avançar no Supremo Tribunal Federal (STF).

Mendonça acredita que a Corte pode autorizar a quebra de sigilo telefônico dos advogados do autor do atentado contra Bolsonaro na campanha presidencial de 2018.

Durante o  programa “Poder em Foco”, do SBT, o novo ministro falou sobre o assunto:

“Uma das vertentes importantes dessa investigação ainda não pode ser efetivada justamente por essa indefinição judicial sobre a viabilidade desse acesso ou não ao telefone dos advogados.”

E acrescentou:

“Espero que seja o mais breve possível (a decisão do STF), até porque se há algum mandante, se há algum agente externo que tenha motivado ou contribuído para o ato do Adélio, essa pessoa está solta e certamente coloca o presidente da República numa situação de maior risco,se há essa figura.”

Nesta semana, como noticiou a RENOVA, a Polícia Federal (PF) concluiu — no 2º inquérito sobre o caso — que Adélio agiu sozinho e sem mandantes. 

A corporação policial disse que não foi comprovada a participação de partidos políticos, facções criminosas, grupos terroristas ou mesmo paramilitares em qualquer das fases do crime.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE