Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Bolsonaro aplica duro golpe no financiamento dos sindicatos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro aplica duro golpe no financiamento dos sindicatos

Às vésperas do Carnaval, o presidente da República, Jair Bolsonaro, editou MP que aplica um duro golpe no financiamento dos sindicatos de trabalhadores e centrais sindicais.

O presidente Jair Bolsonaro tornou mais difícil a cobrança de contribuição sindical aos trabalhadores.

O chefe do Executivo instituiu que a autorização para o pagamento deve ser individual, expressa e por escrito, e que, sem isso, negociações coletivas que referendem a cobrança são nulas.

A Medida Provisória (MP) nº 873 foi publicada na edição da última sexta-feira (1) do Diário Oficial da União.

Com a medida, o governo quis deixar “ainda mais claro” que a contribuição é fruto de uma escolha do trabalhador, ressaltou o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, em sua conta no Twitter.

As centrais sindicais já preparam uma reação à decisão do governo.

Segundo a Folha, parlamentares ligados às entidades pretendem usar a medida provisória editada pelo presidente na sexta (1º) para resgatar um projeto que regulariza a chamada contribuição negocial.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email