- PUBLICIDADE -

Bolsonaro aponta ‘silêncio de ONGs’ sobre petróleo no Nordeste

Bolsonaro aponta ‘silêncio de ONGs’ sobre petróleo no Nordeste
- PUBLICIDADE -

“No mínimo estranho o silêncio de ONGs e esquerda brasileira sobre o óleo nas praias do Nordeste”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a comentar sobre o derramamento de óleo que já atingiu mais de 200 praias da região Nordeste nas últimas semanas. 

Em postagem na rede social Twitter, nesta terça-feira (22), Bolsonaro questionou o “silêncio de ONGs” e da “esquerda brasileira” sobre a questão. 

O chefe do Executivo diz que estes comportamentos fortalecem a tese de que o vazamento de óleo tem origem criminosa e pode estar ligado ao ditador Nicolás Maduro, da Venezuela.

“No mínimo estranho o silêncio de ONGs e esquerda brasileira sobre o óleo nas praias do Nordeste. O apoio desses partidos ao ditador Maduro fortalece a tese de um derramamento criminoso”, escreveu Bolsonaro, em post acompanhado de uma reportagem da Record TV.

No início desta semana, a Marinha do Brasil informou que já foram recolhidas 900 toneladas de resíduos de óleo cru nas praias do litoral nordestino.

Nesta terça-feira (22), o comandante da Marinha, almirante Ilques Barbosa Júnior, informou que um navio transportando carga irregular é a hipótese mais provável para contaminação com óleo, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -