Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Bolsonaro assina concessão de trecho da Ferrovia Norte-Sul

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro assina concessão de trecho da Ferrovia Norte-Sul

Trecho concedido à empresa Rumo S.A. liga Anapólis (GO) a Porto Nacional (TO). “Vai ajudar muito a escoar a produção do Centro-Oeste”, disse Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, está visitando, nesta quarta-feira (31), a cidade de Anápolis, em Goiás, onde participa de cerimônia de assinatura da concessão de um trecho da Ferrovia Norte-Sul.

Atualmente com 1.537 quilômetros de extensão, a ferrovia liga a cidade de Estrela D’Oeste, em São Paulo, a Porto Nacional, em Tocantins.

O contrato de concessão assinado nesta quarta se refere ao trecho de 855 quilômetros entre Anápolis e Porto Nacional, chamado de tramo central.

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o trecho já está concluído e pode começar a ser explorado pela concessionária, a empresa Rumo S.A, informa o site G1.

Antes de embarcar, Bolsonaro destacou que a Norte-Sul, discutida há mais de três décadas, vai nos próximos anos interligar o porto de Itaqui (MA) ao de Santos (SP):

“Daqui a um ano e meio ou dois, vai estar tudo funcionando e vai ajudar muito a escoar a produção do Centro-Oeste.”

Ao lado do presidente Bolsonaro durante a cerimônia de concessão, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que a ferrovia, “projetada por Pedro II e iniciada em 1987, hoje, enfim, firmamos o contrato que vai conectar o Maranhão a São Paulo pelos trilhos”.

Em mensagem publicada no Twitter em março, Bolsonaro disse que a Ferrovia Norte-Sul “cria uma nova espinha dorsal na logística de transporte de produção em nosso país, gerando uma série de benefícios econômicos e sociais a todos os brasileiros”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email