Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Bolsonaro classifica Paulo Freire como ‘energúmeno’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Bolsonaro classifica Paulo Freire como ‘energúmeno’
COMPARTILHE

Bolsonaro classificou o patrono da educação brasileira como “energúmeno” e “ídolo da esquerda”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, chamou de “energúmeno” o educador Paulo Freire, patrono da Educação do Brasil, nesta segunda-feira (16). 

A frase foi dita em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, durante interação com apoiadores. 

Ao defender o fim do contrato do Ministério da Educação (MEC) com a Associação Roquette Pinto, gestora da TV Escola, Bolsonaro declarou:

“Era uma programação totalmente de esquerda, ideologia de gênero. Tem um monte de formado aqui em cima dessa filosofia aí, de um Paulo Freire da vida aí. Esse energúmeno. Ídolo da esquerda.”

Como noticiou a RENOVA, Bolsonaro ainda defendeu ainda que o fim do contrato com a TV Escola se justifica pela baixa audiência:

“Queriam que assinasse agora um contrato, o Abraham Weintraub, de R$ 350 milhões. Quem assiste a TV Escola? Ninguém assiste. Dinheiro jogado fora.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram