- PUBLICIDADE -

Bolsonaro concorda que população anseia pelo projeto anticrime

Bolsonaro concorda que população anseia pelo projeto anticrime
- PUBLICIDADE -

Em viagem ao Chile, Bolsonaro participou nesta sexta-feira (22) de evento ao lado de outros líderes sul-americanos.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conversou com jornalistas após encontro com chefes de estados da América do Sul, em Santiago, capital do Chile, que terminou com a criação do Prosul.

Questionado sobre se as publicações recentes do seu filho e vereador Carlos Bolsonaro (PSC) nas redes sociais seriam as responsáveis pelo afastamento do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, da articulação política da reforma da Previdência, o chefe do Executivo afirmou:

“Será que foi esse o motivo? Se for esse o motivo, eu lamento, mas não é motivo”.

Na última terça-feira (19), Maia suspendeu a tramitação de propostas do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. A decisão gerou críticas nas redes sociais que deixaram o presidente da Câmara insatisfeito.

Nesta quinta-feira (21), Carlos Bolsonaro compartilhou uma matéria da RENOVA nas redes sociais com uma declaração de Moro sobre o assunto. Maia ficou irritado e ameaçou deixar a articulação política de reforma da Previdência.

Ainda durante a conversa com jornalistas no Chile, segundo a VEJA, Bolsonaro afirmou que concorda com a avaliação do filho e do ministro da Justiça:

“O Brasil todo está indignado com a demora da votação do projeto anticrime. Nós, no Brasil, não conseguimos mais viver com 60.000 homicídios por ano. Será que foi esse o motivo? Se for esse o motivo, eu lamento, mas não é motivo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -