- PUBLICIDADE -

Bolsonaro confia que Judiciário não defenderá vacinação obrigatória

Jair Bolsonaro diz que não mudará seu jeito de agir

“Eu acho que tudo tem um limite”, disse Bolsonaro sobre vacinação obrigatória.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que a vacina da China contra o coronavírus não transmite segurança e criticou os que defendem a vacinação obrigatória da população.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta quarta-feira (21), o presidente foi questionado sobre uma possível aplicação do imunizante de forma obrigatória:

“Eu não tomo a vacina. Não interessa se tem uma ordem, seja de quem for, aqui no Brasil. Eu não vou tomar.”

Bolsonaro afirmou acreditar que Poder Judiciário não permitirá que os estados obriguem os moradores a se imunizar:

“Eu acho que tudo tem um limite e tenho certeza que o Poder Judiciário não vai se manifestar nessa situação. Tenho conversado com muita gente em Brasília que dizem para mim que não tomariam a vacina chinesa porque não tem confiança na mesma.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -