- PUBLICIDADE -

Bolsonaro confirma suspensão das compras de seringas

Foto: Reprodução/Reuters
- PUBLICIDADE -

Bolsonaro disse que Estados e municípios têm estoques de seringas para o início das vacinações.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou, nesta quarta-feira (6), o Ministério da Saúde suspendeu a compra de seringas. 

“Até que os preços voltem à normalidade”, enfatizou Bolsonaro.  

De acordo com o chefe do Executivo, o Brasil consome 300 milhões de seringas por ano:  

“Como houve interesse do Ministério da Saúde em adquirir seringas para seu estoque regulador, os preços dispararam e o MS suspendeu a compra até que os preços voltem à normalidade.” 

Ainda segundo Bolsonaro, Estados e municípios têm estoques de seringas para o início das vacinações contra o coronavírus

“Também somos um dos maiores fabricantes desse material”, acrescentou Bolsonaro.  

Na publicação, o mandatário brasileiro ainda destaca: 

“Por volta de 44 países estão vacinando, contudo a Pfizer vendeu para muitos desses apenas 10.000 doses. Daí a falácia da mídia como se estivessem vacinando toda a população.” 

Bolsonaro também colocou, na postagem, uma tabela, segundo ele, com o porcentual de vacinados em alguns países até 4 de janeiro. Confira. 

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/posts/2248130612002579
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -