PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Bolsonaro congela reajuste tarifário de energia até 2021

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Consumidor residencial não terá aumento na conta de luz decorrente da ajuda do governo ao setor.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai adiar os reajustes tarifários da energia até o início do próximo ano tanto para grandes consumidores quanto para clientes residenciais.

O socorro chegou nesta segunda-feira (18) por meio de um decreto assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para ajudar no combate à pandemia do coronavírus

Cálculos da Aneel previam um aumento médio de 11,51% neste ano caso o setor não recebesse ajuda do governo.

O decreto assinado por Bolsonaro ainda prevê a possibilidade das empresas do setor buscarem empréstimos junto a bancos públicos e privados para compensarem perdas de receita e alta da inadimplência.

Os custos desses empréstimos serão compartilhados entre as companhias e seus grandes consumidores, como as indústrias. Os clientes residenciais não vão pagar essa conta.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.