Português   English   Español

Bolsonaro critica ataques de adversários em debate na Record

Bolsonaro critica ataques de adversários em debate na Record

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, comentou sobre os ataques sofridos durante debate da TV Record, realizado na noite de domingo (30).

Em seu primeiro tuíte na manhã desta segunda-feira, primeiro dia do mês de outubro, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) criticou o comportamento dos seus adversários durante o debate de ontem à noite na Record.

“Em minha presença, evitaram fazer perguntas a mim e me trataram com cordialidade”, disse Bolsonaro, antes de lembrar que foi esfaqueado por um militante de esquerda.

Adélio Bispo de Oliveira, que já foi filiado ao partido de extrema-esquerda PSOL, admitiu que atacou o candidato do PSL por motivos políticos.

Após insinuações do candidato Ciro Gomes (PDT) sobre sua ausência mesmo após ter recebido alta, Bolsonaro disse que não compareceu ao debate por causa de uma recomendação médica:

Na minha ausência, forçada por orientação médica pois tomei uma facada de um militante de esquerda, não param de falar meu nome e mentiras a meu respeito. Covardia ou cinismo? Bom dia a todos!

Ainda na madrugada desta segunda, o capitão do exército já havia falado sobre as duras críticas sofridas no debate da Record:

Deixe seu comentário

Veja também...