Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Bolsonaro critica falta de responsabilidade de Greenwald

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Bolsonaro critica falta de responsabilidade de Greenwald

“Não podemos concordar que o jornalista, entre aspas, pegue um material criminoso e bote pra fora”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, comparou, nesta quarta-feira (31), a publicação de reportagens do site panfletário Intercept contendo mensagens hackeadas de autoridades brasileiras ao crime de receptação.

O site, do qual o militante norte-americano Glenn Greenwald é editor e cofundador, tem publicado desde 9 de junho matérias com base neste material roubado.

Em depoimento à Polícia Federal (PF), o hacker Walter Delgatti Neto, conhecido como “Vermelho”, confirmou que repassou o material a Greenwald sem exigir nenhuma recompensa financeira.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã desta quarta, Bolsonaro voltou a falar sobre o assunto:

“Não podemos concordar que o jornalista, entre aspas, pegue um material criminoso e bote pra fora. É igual ao cara que é acusado do crime de receptação. Não posso pegar um carro que é roubado e vender para você.”

E, segundo o jornal Folha, acrescentou:

“Não pode pegar uma informação, sabendo que é criminosa, invasão de celulares, até o meu, e passar para frente. Todo mundo tem que ter responsabilidades: vocês, jornalistas, advogados, eu, todo mundo.”

Questionado sobre o ato a favor de Greenwald, nesta terça-feira (30), no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio de Janeiro, Bolsonaro disse se tratar de um direito do jornalista:

“Aqui é um país livre. Apoia quem bem entender.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email