Bolsonaro critica ideologia de gênero, desarmamento e MST

O pré-candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, foi ovacionado ao chegar no auditório onde participou de um encontro com vereadores de Brasília.

Bolsonaro prometeu acabar com “essa palhaçada de ideologia de gênero”:

Tenho uma filha de sete anos e não quero essa história de ideologia de gênero com ela na escola. Quem fala de sexo com ela é papai e mamãe.

O deputado federal também criticou a política de desarmamento da população:

Irresponsável é o governo que desarma o cidadão e deixa o bandido armado.

E continuou dizendo que o país não pode ficar refém do MST e que as ações do movimento extremista de esquerda tem que ser consideradas terrorismo.

Porque a esquerda sempre persegue a propriedade privada? Porque nunca trabalharam.

 

Com informações de: [OGlobo]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia